Sites Grátis no Comunidades.net Wordpress, Prestashop, Joomla e Drupal Grátis

Centro Cultural e Templo dos Orisá Egbe Ifá Ire


Rating: 3.0/5 (598 votos)




ONLINE
1





Olá!

Comunidade da religião dos orixás ou não  a (ACAD) É UM NUCLEO REGIONAL é um local onde desenvolve a proteção básica, centro de referencia  social na oferta de serviço continuados  de proteção cultural, religiosa e porteção social básica. Onde esta localizada na,

RUA: DESEMBARGADOR GASTÃO MACEDO 118 PRAÇA SECA -RJ

TEL: (21) 24257432

Email: paulodesu@yahoo.com.br / pauloganga2014@gmail.com

Acad é uma organização não governamental, uma porta  de entrada dos usuários à rede de proteção cultural, religiosa e proteção social básica.

Total de visitas: 176848
As Verdades de Ifá

1. Este Universo é benevolente.

2. Você não precisa sentir medo.

3. Só há uma única Força Criativa - Deus!

4. Não existe nenhum Diabo.

5. É seu direito inato ser jovem, próspero e amado.

6. O Céu é a “casa” e a Terra o “mercado”. Estamos em comunicação constante entre os dois.

7. Você é literalmente parte do Universo, não apenas de modo figurativo.

8. O seu caráter determina o resultado.

9. A Supremacia é má.

10. Você não deve NUNCA, desejar ou fazer mal a outro ser humano.

11. Você não deve NUNCA prejudicar o Universo do qual você é parte.

12. Não deve haver nenhum tipo de discriminação.

13. A diversidade é o carimbo oficial da criação de Olodumare - Deus.

14. Você escolhe seu Destino e seu Orixá Guardião.

15. O Oráculo provê o mapa do caminho para o seu Destino.

16. Suas metas são: Equilíbrio, Crescimento e Sabedoria. 

Os Odus e a Criação do Mundo

 

 

 

 

Olorum o Deus supremo, criou para este planeta 16 Odu principais, ou seja, 16 destinos possíveis. Cada um dos principais desdobra-se em 16, chamados de OMON ODU, então fazendo um total de 256 Odu.

Cada um dos Odu principais vai mostrar uma situação, um objetivo, virtude e defeito. A lógica desses 16 Odú diz que cada um foi criado para dar corpo aos objetivos bons, maus, feios, bonitos, fortes, fracos, tristes, alegres, e assim por diante.

Cada um deles carrega consigo uma determinação são eles:

 

 

 

 

 

 

Okaran                                 

Fala Esú

 

 

 

Ejí-Okô                                 

Dúvida (Erê – Ibeije)

 

 

 

Etá-Ogunda                                      

A obstinação (Ogum)

 

 

 

Irossun                                  

Derivados (Oxosse)

 

 

 

Oxê                            

Brilho (Oxum)

 

 

 

Obará                        

A Riqueza (Xangô)

 

 

 

Odi                            

A violência (Esú protetor)

 

 

 

Eji-Onile  

A intranqüilidade (Osaguiãn e ajagunã)

 

 

 

Ossá                          

A alienação (Oyá e Egum)

 

 

 

Ofun                          

A doença (Osalufã e Osalá)

 

 

 

Owarin                                  

A pressa (Esú)

 

 

 

Eji-Laxeborá            

            Justiça (os 12 Sangôs)

 

 

 

Eji-Ologbon                                      

A meditação (Egum)

 

 

 

Iká-Ori                                 

A sabedoria (Nana, Obaluaiê, Osumarê)

 

 

 

Ogbé-Ogunda                                   

O discernimento (o Orisá não fala)

 

 

 

Aláfia             

A paz (Orixalá – todos os Orixás respondem).

 

 

 

 

Desta iniciativa de Olorun teria criado 4 Odús pôr dia, dando um total de 16 Odús em 4 dias.

 

 

 

 

 

 

 

 

1º Dia: Okaran; Eji-Oko; Eta-Ogunda; Irossum;

 

 

 

 

2º Dia: Oxê; Obará; Odi; Eji-Onile;

 

 

 

 

3º Dia: Ossá; Ofun; Owarin; Ejí-Laxebora;

 

 

 

 

4º Dia: Ejí-ologbom; Iká-Ori; Ogbé-Ogundá; Aláfia.

 

 

 

 

 

Desta iniciativa de Olorun criou-se 16 destinos possíveis. Conclui-se que seu objetivo foi proporcionar personalidade a tudo o que ele deu vida. Tudo aquilo que tem vida seja animal, ou vegetal tem regência de Odú, ou melhor, tem o seu destino.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Terra – Irossum; Obará; Ejí-Laxebora; Iká-Ori;

 

 

 

 

 

Água – Eji-Oko; Oxê; Ossá; Ejí-ologbom;

 

 

 

 

 

Ar     –  Eji-Onile; Ofun; Ogbé-Ogundá; Aláfia;

 

 

 

 

 

Fogo – Okaran; Eta-Ogunda; Odi; Owarin.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Com a criação dos Odús veio a criação dos Orisás. Orisá também tem o seu Odú regente. Nós humanos temos a regência de uma trinca de Odús a que chamamos de:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ori-Odú (O regente da cabeça);

 

 

 

 

 

 

Otum-Odú (O do lado direito);

 

 

 

 

 

 

Ossí-Odú (O do lado esquerdo)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Os Odús Paridores:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

OWO NI NPA           

(IFÁ FALA)

 

 

 

OLOGBON NI NGBO         

(AQUELE QUE TEM OUVIDO OUVE)

 

 

 

OMORAN NI NMO   

(AQUELE QUE TEM SABEDORIA COMPREENDE)

 

 

                                 

 Ibá Re o

 

 

Criar um Site Grátis   |   Create a Free Website Denunciar  |  Publicidade  |  Sites Grátis no Comunidades.net