Sites Grátis no Comunidades.net

Centro Cultural e Templo dos Orisá Egbe Ifá Ire


Rating: 3.0/5 (598 votos)




ONLINE
1





Olá!

Comunidade da religião dos orixás ou não  a (ACAD) É UM NUCLEO REGIONAL é um local onde desenvolve a proteção básica, centro de referencia  social na oferta de serviço continuados  de proteção cultural, religiosa e porteção social básica. Onde esta localizada na,

RUA: DESEMBARGADOR GASTÃO MACEDO 118 PRAÇA SECA -RJ

TEL: (21) 24257432

Email: paulodesu@yahoo.com.br / pauloganga2014@gmail.com

Acad é uma organização não governamental, uma porta  de entrada dos usuários à rede de proteção cultural, religiosa e proteção social básica.

Total de visitas: 176828
Orisás Pouco Cultuado

Orisás Pouco Cultuado

AAAJÁ :

 

 

Está ligado à floresta, é aquela que ensina o uso das ervas.

ABÉ :

 

 

É cultuado na Casa Grande das Almas das Minas, no Maranhão, é irmã gêmea de BADÉ, no Jêje

é chamado de AGBÈ.

AFÉFÉ :

 

 

Deusa dos ventos, Deusa Yorubá. Se relaciona com Oyá.

AFOMAN:

 

 

Deus da varíola, responsável pelas epidemias.

AJÉ XALUGÃ :

 

 

O escolhido de Olorum, representa riqueza e sucesso. Quando grande soma de dinheiro

tem que ser obtida é feito apelo à este Orixá.

AJÁ :

 

 

É um Orixá que comenda o vento e possui uma força extraordinária. As pessoas desse Orixá

fazem sacrifícios de animais e festejos separados dos demais.

AGEMÓ :

 

 

É um tipo de Orixá comum entre Ijébû e Agoiwóye.

AZAMODÔ :

 

 

Cultuado no Jêje. No seu dia é realizada uma grande festa (6 de Janeiro). Nessa festa,

todos os iniciados devem usar roupa branca. As mulheres trazem na cabeça travessas e gamelas de

barro repletas de frutas, que são colocadas nos pés das árvores correspondentes. Todos devem comer

frutas. Não há sacrifício de animais.

APAOKÁ :

 

 

Orixá que tem o seu corpo em forma de árvore, é o senhor da jaqueira. Segundo algumas

lendas gerou Oxossi. È muito confundido com Irôko.

AXABÓ :

 

 

Orixá feminino da família de Xangô, usa vestimentas nas cores vermelho e branco (podendo

ser estampado). Usa sempre pano da costa. Traz na mão uma lira.

AÍZA :

 

 

É o vodum da morte. O seu assentamento é enterrado o mais fundo possível, ou tapado com

cimento, de forma que ninguém tenha acesso. Esta entidade também protege aqueles que trabalham

no comércio, seu assentamento é fundamentado com sangue humano. Seu ferro é uma foice.

AFREKUETÊ : ou AWEREKUETÉ.

 

 

Deus da abertura dos caminhos, divindade africana, cujo culto é

mais freqüente no Jêje. Tem ligação com Kevioso.

AIDOVEDÔ :

 

 

Pertence ao culto da Dã.

AKONKORÊ :

 

 

È assentado na cajazeira sagrada. Cultuado na Casa Grande das Minas do Maranhão.

AKÔSSAPATÁ :

 

 

No nosso culto corresponde a Sakpatá.

BAIANNI ou BANHANI :

 

 

Tem ligação com Xangô. Suas vestimentas são parecidas com a de Xangô,

traz também um adé de búzios, de modo que fica desproporcional com a cabeça do Iaô.

BADÉ :

 

 

Ele é o filho de Sogbo. È considerado príncipe. Usa roupa colorida com predominância de

branco e vermelho, usa também um gorro na cabeça.

BALUFON ou BALUFAN :

 

 

deus inventor da tecelagem.

BOSSÚKO ou POSSÚ :

 

 

Pertence a família chamada Dambirá, ligada à terra. É muito perigoso.

DOSÚ ou DOSÚPE :

 

 

Pertence à família dos antepassados.

YAMI OXORONGÁ :

 

 

É um Orixá terrível ao qual devemos o máximo de respeito. Sua representação na

Asé Pai Paulo D'Èsù

Criar um Site Grátis   |   Create a Free Website Denunciar  |  Publicidade  |  Sites Grátis no Comunidades.net